sábado, 23 de janeiro de 2010

Um pouco sobre orientação sexual. - E aí?-


Um planeta, uma “miscigenação”. Tantas dúvidas e uma certeza: Nada explica – ainda   o que faz uma pessoa ser ou querer ser heterossexual, homossexual, bissexual ou transexual. O ponto, é que são atrações físicas e emocionais diferentes uma das outras.



O heterossexualismo já prezou muito a perfeição humana – e ainda preza. Porém estudos revelam que o número de homossexuais tem aumentado cada vez mais. Não que isso venha a nos dizer que a cada dia uma pessoa vira homossexual, mas sim que homossexuais estão se assumindo. Talvez isso esteja acontecendo pelo fato da sociedade de hoje aceitar isso melhor do que antigamente. – O que é bom, porque evoluir é preciso sempre.

Contudo, o preconceito ainda é grande. Há muitos casos em que os próprios familiares de uma pessoa – que não é hetero –  têm certa aversão. Sem contar que a igreja também não aceita isso.

Muito se ouve dizer que se Deus nos deu um sexo, é para continuarmos com ele.

Mas... quem somos nós? Quem se atreve a se definir a ponto de se limitar? Onde está escrito as reais regras profanas? Afinal, regras existem?
Sabemos apenas que somos seres humanos. E como boas pessoas, deveríamos agir mais racionalmente.
Se mudar de sexo é contra a lei ou não, preconceito ainda sim é crime.
E não, regras não existem. Nós é que as criamos – diferente de crimes, que são atos que cometemos. 

Não tem valor o quanto exigem as “regras” e o quanto dura o preconceito – dando as mãos ao sofrimento. O amor verdadeiro – e/ou a extrema vontade de ‘experimentar’–  é o que sempre irá prevalecer.

Portanto não importa o quão perfeitos queiramos ser. Imperfeição está em todos os lugares e sempre haverá “imperfeitos” para livrar o mundo do pateticismo.
Porque ser “diferente” é transgredir qualquer barreira para ser igual e banal. E liberdade, é um direito de todos.


------------------------------
Letícia R.

4 comentários:

  1. Que tal um template novo, e de graça?
    http://afantasticafabricadetemplates.blogspot.com/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. você simplesmente arrazou nesse texto, comentários ótimos. posso ver que tu é uma pessoa de cabeça aberta e que odeio preconceito.
    preconceito é uma coissa ridicula mesmo.
    e as regras? quem as segue? é como se não houvesse nem uma, o mundo é um caos porque as pessoas querem.

    ResponderExcluir
  3. Apesar de a sociedade estar mais 'mente aberta', o preconceito é grande. O que acho pura falta de inteligencia e educação.

    -x-
    Criamos recentemente um projeto chamado Sílaba Tônica e venho te convidar para participar e nos ajudar. Caso se interesse visite o blog http://asilabatonica.blogspot.com/ . Desculpe por vir divulgar aqui e obrigada :)

    ResponderExcluir